Preparem-se que outubro e novembro prometem muito agito para a cidade de São Paulo!

A banda Social Samba Fino e o rapper Fábio Brazza juntam seus trabalhos para, no mesmo palco, dar voz a uma nova identidade brasileira, que carrega a alegria histórica de nosso povo, com o sentimento de insatisfação social que vem tomando conta das ruas.

Serão 12 apresentações, que acontecerão por toda à São Paulo, em espaços culturais e Teatros da cidade, com entrada gratuita ao público.

O show une dois estilos musicais que já foram considerados marginais, mas que conquistaram sua vez na sociedade: o samba e o rap, trazendo interpretações que mesclam todo o gingado e versatilidade do samba, com interseções de rimas do rap, que abordam críticas sociais, fazendo com que o espectador se reconheça sorrindo diante de tanta insatisfação, convidando-o a refletir sobre sua importância como peça fundamental para a tão aclamada transformação social.

O objetivo é provocar o público para que percebam que, podemos sim, ser um povo alegre, que gosta de momentos de descontração, mas que também sabemos refletir sobre a nossa nação.

O show contará ainda com a participação de um interprete de libras, com intuito de romper barreiras, e levar a música e toda a sua capacidade de transformação para todos os públicos.

Sobre Social Samba Fino:

Social Samba Fino é uma banda formada por 7 músicos que, apesar de sua formação fixa, mas não limitada, está permanentemente aberta a receber músicos vindos dos diversos estilos musicais como choro, bossa nova, rock, baião, frevo, jazz, entre outros, para valorizar e enriquecer a interpretação do samba.  

Destacando em suas interpretações, a elegância e sofisticação natural que o samba carrega em suas melodias, letras, ritmo e importância cultural, a banda abre suas composições para as mais diversas influências, revelando-se mais urbana e dando à sua música um tom de universalidade. 

 


 
 

Sobre Fábio Brazza:

Fabio Brazza faz hip-hop popular brasileiro. Música brasileira e hip-hop numa fusão perfeita com as melhores letras do rap nacional da atualidade, crítica social, alegria, ritmo e poesia enchendo os olhos e o coração. Mas seu talento, inteligência e dom de improvisar rimas já fizeram com que ele dividisse o microfone com grandes nomes do gênero, como Gabriel o Pensador, Edi Rock do Racionais MC’s e Chali 2na do Jurassic 5.

Atualmente está lançando seu segundo álbum, Tupi, or not Tupi e assinou contrato com uma editora para escrever um livro que conta sua história mesclada com trechos de músicas e poesias próprias.
Confira um pouco do Trabalho do Brazza:

 

 Essa mistura promete, confira abaixo a agenda e programe-se:

Social Samba Fino e o rapper Fabio Brazza se unem para 12 shows

4 e 11 de outubro – Vitrine da Dança Galeria Olido – (Terça-feira, às 19h);
15 e 16 de outubro – Teatro Arthur Azevedo – (Sáb, às 21h e Dom, às 19h);
22 e 23 de outubro – Teatro Alfredo Mesquita – (Sáb, às 21h e Dom, às 19h);
27 de outubro –  CCSP – Sala Adoniran – (Quinta-feira, às 20h30);
29 e 30 de outubro – Teatro Décio de Almeida Prado – (Sáb, às 21h e Dom, às 19h);
4 e 5 de novembro – Teatro Martins Penna – (Sex e Sáb, às 20h);
6 de novembro – Sala Olido – (Domingo, às 18h).

Todos os shows com Entrada Gratuita!

 

 

Compartilhe

Neste ano, as comemorações do aniversário de São Paulo, que celebra 462 anos no dia 25 de janeiro, terão três dias de atividades, começando no sábado, dia 23 e encerrando-se na segunda-feira. Reforçando o caráter democrático da festa, a Secretaria Municipal de Cultura planejou atrações gratuitas em todas as regiões da cidade contemplando seus equipamentos culturais: teatros, centros culturais, Casas de Cultura, além de CEUS e palcos externos.

E como não poderia faltar, o Social Samba Fino integra a programação dessa grande festa.

O show, que abre os trabalhos da banda para 2016, acontece dia 23 de janeiro, às 18h,  no CEU Parque São Carlos.

Para quem não conhece, o Social Samba Fino é formado por 7 músicos que, apesar de sua formação fixa, mas não limitada, está permanentemente aberta a receber músicos vindos dos diversos estilos musicais como choro, bossa nova, rock, baião, frevo, jazz, entre outros, para valorizar e enriquecer a interpretação do samba.

 

Destacando em suas interpretações, a elegância e sofisticação natural que o samba carrega em suas melodias, letras, ritmo e importância cultural, a banda abre suas composições para as mais diversas influências, revelando-se mais urbana e dando à sua música um tom de universalidade.

Sendo assim, podem esperar um show com repertório recheado de arranjos surpreendentes e interpretado com a elegância e descontração que já são características do Social.

E aí, vamos fazer uma Social?

Confira a versão da banda para a música “Amante Amado”, do Jorge Ben:


Social Samba Fino no CEU Parque São Carlos

23 de janeiro de 2016 – 18h – Entrada Franca

Rua Clarear, 141 – Vila Jacuí.  Classificação indicativa: Livre. Duração: 60 minutos

Mais informações: http://www.facebook.com/socialsambafino

Twitter: http://twitter.com/socialsambafino

 

Compartilhe